top of page
Buscar
  • Markus Lothar Fourier

Vínculo e Ansiedade na Adolescência

Para que os adolescentes possam se desenvolver de forma mais fluida, é fundamental que estabeleçam vínculos de qualidade com seus cuidadores, baseados em confiança e proteção. Estudos apontam que crianças e adolescentes inseguros têm seu desenvolvimento global prejudicado, devido à liberação de hormônios do estresse, como o cortisol, que podem afetar a estrutura e a função do cérebro. O estresse crônico pode prejudicar a arquitetura cerebral, afetando áreas importantes para o aprendizado e a memória, além do córtex pré-frontal, responsável pelo planejamento, tomada de decisões e controle emocional. A falta de segurança afeta a autoestima e a confiança, aumentando o risco de ansiedade e depressão.


É certo que a insegurança do adolescente vem de diferentes lugares, mas a matriz familiar deve ser um lugar de acolhimento e amor, onde ele possa relaxar. A família tem um papel crucial em oferecer um ambiente de apoio e segurança emocional, através de práticas que promovam a proximidade emocional e a comunicação aberta, permitindo a expressão de sentimentos e emoções sem julgamentos.


Ser adolescente é difícil, com as inúmeras mudanças biológicas, psicológicas e sociais que enfrentam. E ainda há as demandas das redes sociais e suas idealizações, tornando a adolescência moderna ainda mais complexa. Portanto, é importante questionar se os filhos estão encontrando na família o acolhimento e afeto necessários para se acalmar, expressar e elaborar suas experiências de vida de forma saudável. Se conseguirmos ser esse porto-seguro, eles terão condições de explorar e aprender de forma espontânea e criativa.


Posts recentes

Ver tudo

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page