top of page
  • Markus Lothar Fourier

Treinando seu papel profissional



Logo que comecei a atuar como psicólogo clínico, um fenômeno começou a surgir em meus atendimentos: muitas das pessoas que me procuravam, traziam questões profissionais como suas principais angústias. Como eu tenho alguma experiência no mundo do trabalho, fui sentindo uma vontade atuar de uma forma um pouco diferente. Comecei então a desenvolver um trabalho com um formato híbrido, meio terapia, meio treino, que fez bastante sentido para algumas pessoas. Para me assegurar e desenvolver esse trabalho, fui atrás de literatura científica e descobri que já existia algo chamado de Terapia do Papel Profissional - TPP, e foi assim que nasceu este trabalho.


A TPP engloba abordagens e compreensões da psicologia clínica, da Teoria dos Papéis e de metodologias ativas, como jogos, exercícios e role-plays, cuja a função é facilitar o desenvolvimento de novas atitudes e comportamentos. Meu objetivo é que ele ajude as pessoas em 3 instâncias:

  • Reflexões e autoconhecimento para melhores decisões profissionais;

  • Desenvolvimento de novas competências relacionais no trabalho;

  • Cuidado e promoção da saúde mental da pessoa.

Algo que quero reforçar aqui, é que esse é um trabalho que está à serviço da saúde da pessoa e que busca dar a ela condições para fazer escolhas congruentes.


A TPP é um processo de coaching?

Não, os processos de coaching, ao menos aqueles que eu conheço, atuam na esfera cognitiva e geralmente desconsideram aspectos mais profundos, como as emoções, as motivações inconscientes e os mecanismos de defesa, por exemplo.

Na TPP, todas essas questões serão consideradas, para que cada pessoa encontre estratégias de enfrentamento possíveis para si, considerando suas limitações e potências, de forma singular.


“O jabuti precisa saber que é um jabuti, pois se ele tentar imitar a tartaruga, morrerá afogado”.


Como funciona a TPP?

O processo é bastante flexível. Ele pode acontecer em encontros individuais ou em grupos, onde cada pessoa decide quando quer iniciar e quando quer encerrar o percurso. Ele existe também em formatos adaptados às empresas, com começo, meio e fim programados. Em ambos os casos, o processo inclui os encontros (presenciais ou on-line) e alguns conteúdos e exercícios, que são compartilhados de acordo com as demandas e necessidades das pessoas. Não existem aulas programadas ou conteúdos definidos previamente. A TPP é um processo calcado na experiência subjetiva das pessoas e os conteúdos servem apenas como auxiliares nas mudanças desejadas.


A quem se destina a TPP?

A qualquer pessoa que perceba que seu trabalho ou atividade profissional esteja gerando angústias ou dificuldades, ou ainda a qualquer pessoa que deseje desenvolver suas habilidades relacionais no contexto do trabalho, como a empatia, comunicação, assertividade, colaboração, liderança e tomada de decisões, por exemplo.


Se você ficou com dúvidas ou quer mais informações, me escreva e vamos conversar.




Posts recentes

Ver tudo

Vínculo e Ansiedade na Adolescência

Para que os adolescentes possam se desenvolver de forma mais fluida, é fundamental que estabeleçam vínculos de qualidade com seus cuidadores, baseados em confiança e proteção. Estudos apontam que cria

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page